Artigos

Avivamento - Revestimento de poder

Deus promete generosas bênçãos para este início de ano! De todas elas, qual seria a maior, se nós nos prepararmos para recebê-la?

Vivemos tempos difíceis de grande estiagem espiritual. Há nas igrejas milhares de crentes secos, áridos como um deserto, murchos, sem unção e sem poder. Há uma sequidão como aqueles ossos secos descritos pelo profeta Ezequiel, no capítulo 37 de seu livro!

“Então, o Senhor disse: Filho do homem, estes ossos são toda a casa de Israel. Portanto, profetiza e dize-lhes: Assim diz o Senhor: Eis que abrirei a vossa sepultura, e vos farei sair dela, ó povo meu... Porei em vós o meu Espírito, e vivereis...”.

Não importa quão apático o povo esteja; O que importa é que todos ouçam. Deus sempre quer abençoar o seu povo. Aos ossos secos prometeu: “Porei em vós o meu Espírito, e vivereis”. Ao seu povo no cativeiro e a sua igreja, Deus promete “derramar água sobre o sedento e torrentes, sobre a terra seca; derramarei o meu Espírito sobre a tua posteridade e a minha bênção, sobre os teus descentes” (Is. 44:3).

Ao sedento, o Senhor oferece: “Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva” (João 7:37).

Deus quer saciar o sedento com o derramar de sua bênção, o seu Espírito. Esta será a primeira e a mais valiosa bênção que iremos receber neste início de ano. É para os que crêem. Será uma espécie de repetição do Pentecoste! A Bíblia nos mostra que o Espírito foi derramado em Jerusalém, no Pentecoste; desceu também em Samaria; derramou-se em Cesaréia, na casa de Cornélio, e veio com poder na cidade de Éfeso. Continuou na história sendo derramado, como no estupendo avivamento no País de Gales, com John Wesley, nos Estados Unidos, com Finney e Moody...Virá também sobre Bauru, região e outros lugares deste país!

Será um avivamento com revestimento de poder! Será um despertar do povo mais poderoso da terra. Povo que é sal da terra e luz do mundo; que é raça eleita, sacerdócio real, nação santa, propriedade exclusiva de Deus; Será um avivamento que, ao descer o Espírito Santo, não mais apenas 5% da igreja estará no evangelismo, mas haverá testemunhas de Cristo por todos os cantos, cheias de poder para evangelizar todos os bairros de Bauru, como toda a região e outros lugares mais longínquos!

Nosso Deus fará isso. Ele é o Deus que tem feito notório o seu nome pelos seus atos portentosos. Ele é o Deus que possui todo o poder e toda autoridade no céu e na terra. Diante da suprema grandeza de seu poder, todas as nações são como um pingo que cai de um balde, como menos do que nada. Ele está no trono. Ele reina.

Somos filhos do Rei. Somos a menina dos olhos de Deus. Somos o corpo de Cristo, a noiva do Cordeiro. Assim, a bênção que esperamos - o avivamento - fará acelerar a edificação da igreja de Cristo e, como Ele mesmo disse: “as portas do inferno não prevalecerão contra ela”.

Abílio Chagas