Colaboradores

POR QUE VC ESTA BUSCANDO A CRISTO?

João 6:26

Por qual razão ou motivação, as pessoas buscam a Cristo? Há a possibilidade de buscar a Cristo com uma motivação errada e quais os resultados? Qual deve ser a motivação correta e como ela se dá? Quais os benefícios de se buscar a Cristo corretamente? É verdade que todos os que são chamados por Deus se rendem a Ele?

1. Jesus avalia as intenções de quem O busca.

Por qual razão as pessoas estavam procurando por Jesus? Ele expõe a motivação delas ao buscá-Lo: Elas O procuraram por terem se “fartado” de pão. As pessoas não buscaram Jesus por terem entendido o milagre, mas porque saciaram suas necessidades físicas.

A. Jesus explica a todos as razões de ter sido procurado pela multidão.

Prestemos atenção ao verbo “procurar” e ao adjetivo “satisfeitos”, usados por Jesus no verso 26 do nosso texto base:
• O verbo “procurar”, usado por Jesus no grego, traz a idéia de “trama, complô, conspiração, maquinação, procurar com muita aflição ou preocupação”.
- A preocupação da multidão era constituir Jesus como rei:  Jesus ficou sabendo que queriam levá-lo à força para o fazerem rei; então voltou sozinho para o monte. (Jo.6:15 NTLH)
- Imagine um rei que libertasse o seu povo dos seus piores inimigos e como profeta do Deus Altíssimo, fosse capaz de suprir seus desejos pessoais!

• A expressão “ficar satisfeito” tem o sentido de “devorar”.
- Era uma palavra grega comumente usada, para designar animais, que ao encontrarem um bom pasto, o devoravam!
- Quando usada em relação ao ser humano, tinha o sentido de satisfação da carne ou interesses pessoais.

B. Eles não buscaram a Jesus como SENHOR, mas sim, como um subserviente.

Aquelas pessoas buscaram a Jesus, para terem somente suas necessidades atendidas e não como o Pastor de suas almas. Quando você olha para o Salmo 23, não lê Davi dizendo: “Quando eu quiser um pasto verdejante e águas tranqüilas, irei ao meu Pastor que irá suprir tudo o que preciso!” De acordo com o hebraico, Davi faz uma forte declaração de fé: “O SENHOR é meu Pastor – Ele não faltará a mim.”

Davi chama a Deus de “SENHOR”, seu “Dono”! Ele diz também, que Deus é o seu “Pastor”; isto é, seu Governante, Mestre, Aquele que cuida do Seu rebanho. A declaração de Davi é tanto uma manifestação pessoal de rendição ou submissão à direção como aos cuidados de Deus, pela sua vida. “Deus nunca faltará” a uma pessoa que a Ele se submete, para obedecer e confiar Nele!

Portanto, a motivação pela qual eles foram a Jesus era incorreta. É triste dizer, mas muitos hoje em dia, têm a mesma atitude e são incentivados a tê-la, para buscarem a Deus. Eles só se importam com suas necessidades pessoais e não com a vida que Deus dá!

2. Se você buscar Jesus de modo incorreto, não experimentará a “Vida do Alto”!

A. A multidão não estava interessada na Vida que Deus dá.

Jesus chamou “o esforço” daquela multidão ao buscá-Lo de “trabalho” e essa palavra no grego, significa “estar engajado ou comprometido”, mas no texto, ela traz a idéia de comprometer-se apenas para conseguir soluções pessoais. Jesus pediu a eles, que se comprometessem em buscar a comida eterna – a “Vida do Alto”. (cf. 6:27) Jesus certa vez disse às pessoas que O procuraram:  (...) vocês não querem vir para mim a fim de ter vida. (Jo.5:40 NTLH)

B. A participação ou o recebimento de um milagre, não garante uma vida abençoada.

Muitos vão a Deus pela motivação errada, e ainda assim, em algumas ocasiões por causa da misericórdia Divina, experimentam milagres, curas, libertações, mas não procuram entender o porquê de as bênçãos serem dadas. No nosso texto, grande parte daquelas pessoas participou do milagre da multiplicação dos pães e possivelmente, essas mesmas pessoas convidaram muitas outras a procurarem Jesus. (cf. 6:22-24)

Muitas pessoas vão às igrejas e se esforçam para retornar, porque se sentiram bem com o que viram ou por presenciarem algum ato da misericórdia de Deus. No entanto, se você perguntar a elas sobre o que aprenderam acerca do “caráter” de Deus, irá se decepcionar! Por quê?

Porque elas não vão à igreja, a fim de terem suas vidas transformadas ao contrastarem a si mesmas com a santidade de Deus, mas apenas para buscar soluções para os seus problemas pessoais.

C. Jesus declarou duas verdades, sobre as quais devemos refletir.

Jesus disse:  (...) quem põe os seus próprios interesses em primeiro lugar nunca terá a vida verdadeira; mas quem esquece a si mesmo por minha causa terá a vida verdadeira. (Lc.9:24 NTLH)

Quando você coloca seus interesses pessoais em primeiro plano, você só escutará o que deseja e não o que Deus quer. Você pode se tornar apático ao ensino da Palavra de Deus e seu estilo de vida não será impactado pela Vida de Deus.

D. Valorize o que Deus diz para ser aplicado em sua vida.

Jesus disse:  O ser humano não vive só de pão, mas vive de tudo o que Deus diz. (Mt.4:4 NTLH) O que de Deus vem a nós, por meio do ensino da Palavra de Deus, é que transforma nossas vidas, caso haja em nós, uma atitude de submissão à Sua direção como Pastor.

Infelizmente, pessoas que estão em uma condição de tristeza, vazio interior, depressão, solidão e síndromes diversas, são convidadas a visitarem uma determinada igreja, porque lhes é dito que Deus irá abençoá-las como libertá-las de todos esses males. Isso não é verdade!

Saiba que Deus não age desse modo; mas, quando você põe em prática o que Deus diz e obedece a Sua direção, se sentirá mais forte, por causa do agir da “Sua Graça” (Cristo) através da sua vida e conseguirá superar seus temores e traumas.

Paulo descobriu que deveria se submeter ao trabalho da graça de Deus em sua vida, em vez de se render às suas fraquezas emocionais. Desse modo, ele podia ver o poder de Jesus agindo em sua vida. (cf. 2 Co.12:7-10)

3. Saiba que é Deus Quem o motiva a buscar a Cristo e não suas emoções ou desejos.

Uma pessoa só consegue ir a Jesus, quando Deus a chama. Jesus disse:  Só poderão vir a Mim aqueles que forem trazidos pelo Pai, que Me enviou, (...). (Jo.6:44 NTLH) No entanto, mesmo as que Deus escolhe, nem sempre se rende a Cristo. (6:70,71)

Você só pode conhecer Jesus pelo estímulo ou revelação de Deus e é só por meio de Jesus que você pode conhecer quem é Deus, o Pai. Jesus disse:  (...) Ninguém conhece o Filho a não ser o Pai, e ninguém conhece o Pai a não ser o Filho e aqueles a quem o Filho o quiser revelar. (Mt.11:27 NVI)

A. Ao buscar Cristo pelo estímulo de Deus, você viverá pela fé.

Como nós temos visto, só podemos ir a Deus, quando Ele mesmo nos chama para esse encontro, mas a decisão de crermos e de nos comprometermos com Ele, é nossa! A atitude de crer é o passo seguinte, após termos recebido fé que vem de Deus. A Bíblia diz:  (...) pela graça de Deus vocês são salvos por meio da fé. Isso não vem de vocês, mas é um presente dado por Deus. (Ef.2:8 NTLH)

A fé vem de Deus e o crer é a parte do homem. Crer é morrer para si mesmo, para viver pela voz Divina da fé! A fé não é uma força ou energia positiva como alguns supõem, mas é o próprio Jesus Cristo agindo e falando pelo Espírito Santo, dentro daquele que está em comunhão com Deus.

Quando Deus o chamou para estar diante de Cristo, você não pode entender, mas agiu por um estímulo Divino e creu na mensagem a respeito de Cristo para a sua vida! Você ouviu e obedeceu a voz de Deus no interior de sua vida, para se entregar a Cristo como SENHOR e Dono de sua vida.

Muitos dos que se dizem cristãos, estão cheios apenas de emoção e vivem com pouca ou nenhuma fé; portanto, ouvem qualquer voz que venha do interior ou exterior. Eles, infelizmente, estão buscando mais emoções e não a fé, que conduz a uma vida de fidelidade a Deus. Paulo diz que  (...) a fé vem por ouvir a mensagem, e a mensagem vem por meio da pregação a respeito de Cristo. (Rm.10:17 NTLH)

A fé é a Palavra de Deus soprada pelo Espírito Santo, para dentro da nossa mente e é ela, que decidirá se irá obedecer ou não ao que ouviu. Portanto, para se ter fé, é necessário ouvir e ler constantemente a Palavra de Deus, aprendendo-a com o auxílio do Espírito Santo, que a transforma em uma direção ou ordem Divina dentro de nós.

B. O alvo de Deus para sua vida é que você seja um com Cristo. (6:53-58)

Os verbos “comer” e “beber” usados por Jesus, são uma analogia, que eles podiam entender muito bem e que se referia, a recebê-Lo interiormente e ser um com Ele. Quando você ingere um alimento, ele se torna um com você e quando você permite que Cristo passe a viver em sua vida diariamente, você se alimenta Dele e da Sua Palavra e assim, será um com Cristo!

Concluindo.

Qual é o estímulo ou motivação para que você busque a Cristo e permaneça na Igreja? São os seus interesses pessoais, ou porque você quer ser um com Cristo, comprometido com o Seu Evangelho e metas? No primeiro caso, é você quem O busca, mas no segundo, você é buscado para buscar e se render a Ele.

Aprenda a orar como Davi:  2 Examina-me e põe-me à prova, ó SENHOR; julga os meus desejos e os meus pensamentos, 3 pois o teu amor me guia, e a tua verdade sempre me orienta. (Sl.26:2,3 NTLH)

Estas palavras de Davi se parecem com as de Pedro, quando questionado por Jesus. (6:67-69)

Muitas pessoas se decepcionam e abandonam Jesus, pois são parecidas àquela multidão que O procurou; ou seja, elas não querem saber da Verdade e da Vida Divina em Cristo. Leia Jo.6:63-65. Eu acredito que Jesus tenha citado estas palavras com muita tristeza, mas deixou as razões de Sua tristeza no verso 65.

Portanto:

• Que nós permaneçamos em Cristo e não apenas diante Dele.
• Que nós desejemos ser um com Cristo, pois esta é a vontade de Deus.
• Que nós vivamos pela fé, ou seja, crendo em toda Palavra que sai da boca de Deus.
• Que nós, jamais façamos de Deus o nosso subserviente.
• Que nós valorizemos mais a Verdade do que os nossos sentimentos.
• Que nós valorizemos mais a habitação de Deus em nós, do que as bênçãos que Ele pode dar.
• Que nós busquemos, a Vida que Deus dá em Cristo como o nosso maior tesouro.
• Que nós avaliemos sempre, por qual razão estamos buscando a Cristo!

Muitos dizem que se não fizermos apelos emocionais, as pessoas não permanecerão na Igreja. Ora, os que permanecem são aqueles, aos quais Deus lhes revelou Jesus como SENHOR de suas vidas. Jesus disse:  As minhas ovelhas escutam a minha voz; Eu as conheço, e elas Me seguem. (Jo.10:27 NTLH)

Que procuremos ser ovelhas do Senhor, ouvir Sua voz, sermos conhecidos por Ele e segui-lo até o fim!

Colaborador: REVERENDO, Pr. WALTER DE LIMA FILHO