Colaboradores

BUSCANDO AS BÊNÇÃOS DE DEUS

Como é triste ver que este mundo que Deus criou com tanta abundância, está se tornando em um verdadeiro caos! Como é triste observar que o homem que Deus criou à Sua imagem e semelhança, se deformou e trocou a virtude pela infâmia!

O estado do ser humano me faz lembrar o sentimento do Senhor Jesus, ao olhar para a multidão diante Dele: _ Quando Jesus saiu do barco e viu uma grande multidão, teve compaixão deles, porque eram como ovelhas sem pastor. Então começou a ensinar-lhes muitas coisas. (Mc.6:34 NVI)

Como Deus está olhando para nós e o que Ele vê? Nós estamos na Sua “religião”, mas O temos como o nosso Pastor? O Eterno Pastor quer ser o nosso “Provedor, Guardador, Governante, Administrador e Deus”! Todo bom administrador ampara, favorece, auxilia, guarda e protege o bom trabalhador, mas julga com critério o comportamento do mau prestador de serviço.

Muitas pessoas estão correndo atrás das bênçãos de Deus, mas não consideram ou estão desatentas aos Seus julgamentos. Na verdade, pouco lhes é dito sobre esse assunto em muitas de nossas igrejas, pois falar das bênçãos Divinas é menos rigoroso e faz bem ao ser.

Entretanto, para o salmista, ser abençoado por Deus é ser uma pessoa bem-sucedida pela meditação na Palavra de Deus e que presta obediência a ela. Isso me lembra o conselho que Josué recebeu de Deus por meio de Moisés: _ Não deixe de falar as palavras deste Livro da Lei e de meditar nelas de dia e de noite, para que você cumpra fielmente tudo o que nele está escrito. Só então os seus caminhos prosperarão e você será bem sucedido. (Js.1:8 NVI)

O que isso significa? “Falar” não significa pronunciar aos outros, mas a si mesmo de um modo baixo e suave constantemente. “Meditar” é estudar, guardar os seus ensinamentos na mente, a fim de “ruminá-los” no consciente em tempo e fora de tempo. Falarmos e meditarmos para nós mesmos a Palavra de Deus fará com que a nossa mente fique cheia com a sabedoria Divina, e com que tenhamos a capacidade de analisarmos tanto o nosso comportamento como o de terceiros, para que façamos nossas escolhas de acordo com a vontade de Deus. Tomada a decisão de seguir e servir a Deus, por promessa, seremos efetivos em tudo o que fizermos, pois faremos a vontade de Deus.

1. Como homem abençoado por Deus, decida sempre pelo caminho que Ele oferece.

Este Salmo apresenta dois caminhos: O caminho das bênçãos Divinas e o do julgamento de Deus. Cada um de nós deve optar por um deles. Jesus usou uma imagem semelhante quando disse: _ 13 Entrem pela porta estreita, pois larga é a porta e amplo o caminho que leva à perdição, e são muitos os que entram por ela. 14 Como é estreita a porta, e apertado o caminho que leva à vida! São poucos os que a encontram. (Mt.7:13,14 NVI)

A porta e o caminho estreito são os ensinamentos de Jesus, e tanto a porta como o caminho largo, são as várias vozes que invadiram a nossa religião e que tentam confundir nossas mentes, com relação à vontade de Deus para nossas vidas. Jesus disse: _ 7 (...) Digo-lhes a verdade: Eu sou a porta das ovelhas. 9 Eu sou a porta; quem entra por mim será salvo. Entrará e sairá, e encontrará pastagem. (Jo.10:7,9 NVI) A intenção do Senhor é dizer que a pessoa que entra por Ele no Reino de Deus, sairá para uma outra dimensão da vida e encontrará todo o suprimento
de Deus! Eu pretendo comentar com vocês durante três semanas sobre o tema em três aspectos:
• O homem abençoado. (Sl.1:1,2)
• O homem que é uma bênção. (Sl.1:3)
• O que o homem precisa para ser abençoado. (Sl.1:4-6)

2. Como homem abençoado por Deus tenha o desejo de ser dirigido pela Sua Palavra.

(Sl.1:1)
2.a. O homem abençoado por Deus é prudente.
“Felizes são aqueles...” Em versões mais antigas aparece a expressão: “Bem-aventurados”.
Trata-se de um termo hebraico com uma interjeição: “Ó, as alegrias!”, “Ó quantas alegrias!”, ou
“Ó, quantas bênçãos!” O pensamento do salmista é de dizer: “Ó quantas bênçãos, prosperidade, paz, alegrias, felicidade abundante estão na vida daqueles que...”

Por que o salmista fala desse jeito? Porque ele estava praticando o vai expor e estava sendo tremendamente abençoado e mais do que podia imaginar! Ele estava vivendo uma vida de
obediência à Palavra de Deus e tudo o que ele observava ao seu redor, analisava à luz da Verdade Divina.

Então, ele prossegue ao descrever o comportamento dos que recebem as inúmeras bênçãos de Deus e que são “felizes”. Eles:
• “Não se deixam levar pelos conselhos dos maus.” Os maus são pessoas ímpias, persistentemente perversas, cruéis, desumanas e rebeldes aos julgamentos de Deus.
• “Não seguem o exemplo dos que não querem saber de Deus”. São as pessoas que não se importam com os alvos pré-estabelecidos por Deus, e estes, biblicamente são denominados em outras versões como pecadores, ou seja, autossuficientes.
• “Não se juntam com os que zombam de tudo o que é sagrado!” Esses zombadores são as pessoas que fazem pouco da Palavra de Deus, ironizam e escarnecem dela.

2.b. O homem abençoado por Deus não O trata com insensatez.
O homem a quem Deus deu sabedoria do alto e falando em Nome Dele, disse: _ 22 Até quando vocês, inexperientes, irão contentar-se com a sua inexperiência? Vocês, zombadores, até quando terão prazer na zombaria? E vocês, tolos, até quando desprezarão o conhecimento? 23 Se acatarem a minha repreensão, eu lhes darei um espírito de sabedoria e lhes revelarei os meus pensamentos. 24 Vocês, porém, rejeitaram o meu convite; ninguém se importou quando estendi minha mão! 25 Visto que desprezaram totalmente o meu conselho e não quiseram aceitar a minha repreensão, 26 eu, de minha parte, vou rir-me da sua desgraça; zombarei quando o que temem se abater sobre vocês, 27 quando aquilo que temem abater-se sobre vocês como uma tempestade, quando a desgraça os atingir como um vendaval, quando a angústia e a dor os dominarem. 28 Então vocês me chamarão, mas não responderei; procurarão por mim, mas não me encontrarão. (Pv.1:22-28 NVI)

2.c. O homem abençoado por Deus não segue instintos e conselhos errados.
Quando seguimos conselhos errados é porque estamos andando com pessoas erradas, e por fim, ficaremos ou nos associaremos com elas. Neste ponto da nossa meditação, eu me lembro da história de Ló, o sobrinho de Abraão. Chegou a hora de se separar de seu tio e ele olhou para a direção das campinas verdejantes da região Sodoma. (cf. Gn.13:10-13)

Ló não buscou a Deus, mas seguiu os seus próprios instintos, pensamentos, conselhos íntimos e viu que aquela terra “se parecia” como o Jardim do SENHOR ou como a terra do Egito, possuindo bastante água e pastos. Ló foi morar nas cidades do vale e foi acampando até chegar a Sodoma, uma cidade de gente má e que cometia pecados horríveis contra Deus.

Todos nós conhecemos o resultado da sua escolha: perdeu tudo, sua esposa morreu, suas filhas se deitaram com ele e geraram dois povos, que perseguiram incessantemente o povo de Deus: os Moabitas e os Emonitas. Além do mais,

2.d. O homem abençoado por Deus não se amolda aos padrões deste mundo. Paulo disse: _ 1 Portanto, irmãos, rogo-lhes pelas misericórdias de Deus que se ofereçam em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus; este é o culto racional de vocês. 2 Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. (Rm.12:1,2 NVI)

3. Como homem abençoado por Deus, tenha prazer na Palavra de Deus, a fim de desfrutar das Suas inúmeras bênçãos e alegrias. (Sl.1:2)

3.a O homem abençoado por Deus tem prazer na Sua Palavra Sagrada.“O prazer deles está na lei do SENHOR...” Esta frase significa que o homem abençoado por Deus se deleita, sente satisfação, contentamento, e se delicia com a sabedoria de Deus. A ideia é de uma pessoa que se curva, que se rende e que deseja a Palavra de Deus na sua vida.

Ela toma a decisão sábia e alegre de procurar colocá-la em prática na sua vida. Outro salmista disse: _ 15 Meditarei nos teus preceitos e darei atenção às tuas veredas. 16 Tenho prazer nos teus decretos; não me esqueço da tua palavra. 24 Sim, os teus testemunhos são o meu prazer; eles são os meus conselheiros. (Sl.119:15,16,24 NVI)

“E nessa lei eles meditam dia e noite.” Meditar é falar para si mesmo a Palavra de Deus em um tom baixo e suave. Quando falamos com o SENHOR sobre a Sua Palavra, a Palavra falará conosco sobre o SENHOR. Você observa esta prática quando vai às muralhas do antigo Templo em Jerusalém. Você vê os rabinos pronunciando a Palavra de Deus de modo baixo e suave para si mesmos, porém, sem Cristo, o Seu Messias!

A maneira como tratamos a Bíblia é a maneira como trataremos a Jesus, pois a Bíblia é a Sua Palavra para nós. Jesus disse: _ O Espírito dá vida; a carne não produz nada que se aproveite. As palavras que eu lhes disse são espírito e vida. (Jo.6:63 NVI) A Palavra que procede de Jesus nos dá o Espírito e a Vida de Deus. Ela revigora, restaura, dá crescimento, discernimento e nos reveste com novos e maiores poderes de vida!

Leiamos novamente os versos um e dois deste Salmo. Os verbos do primeiro versículo estão no tempo perfeito e se referem a um modo de vida determinado. Os verbos do verso dois estão no tempo imperfeito, o que indica uma prática constante. O prazer do homem abençoado por Deus é estar sempre meditando, estudando e proferindo de modo baixo e suave a Palavra de Deus para dentro de si. Pedro disse: _ 1 Portanto, abandonem tudo o que é mau, toda mentira, fingimento, inveja e críticas injustas. 2 Sejam como criancinhas recém-nascidas, desejando sempre o puro leite espiritual, para que, bebendo dele, vocês possam crescer e ser salvos. 3 Pois, como dizem as Escrituras Sagradas: “Vocês já descobriram por vocês mesmos que o Senhor é bom”. (1 Pe. 2:1-3 NTLH) Atente ainda para o conselho do salmista: _ 8 Procure descobrir, por você mesmo, como o
SENHOR Deus é bom. Feliz aquele que encontra segurança nele! 9 Que todos os que se dedicam a Deus O temam, pois aqueles que O temem não têm falta de nada! 10 Até os leões não têm comida e passam fome, porém não falta nada aos que procuram a ajuda do SENHOR. (Sl.34:8-10 NTLH)

Portanto,
1. Como homem abençoado por Deus, decida sempre pelo caminho que Ele oferece.
2. Como homem abençoado por Deus, tenha o desejo de ser dirigido pela Sua Palavra.
3. Como homem abençoado por Deus, tenha prazer na Sua Palavra, a fim de desfrutar das Suas inúmeras bênçãos e alegrias.

Colaborador: REVERENDO ,Pr. WALTER DE LIMA FILHO